Tabagismo vs Cicatrização de procedimentos estéticos

Tabagismo vs Cicatrização de procedimentos estéticos

Tabagismo vs Cicatrização de procedimentos estéticos

Quando se trata de procedimentos estéticos mais invasivos, como a micropigmentação e revitalização labial, sabemos que um dos principais fatores para um bom resultado seria uma cicatrização adequada. Por esse motivo os profissionais devem estar preparados para lidar com todos os tipos de clientes que vai receber em seu espaço. E normalmente é nesse momento, quando recebemos um cliente fumante, que nasce a dúvida “E ai, fazer ou não o procedimento?”

Sim, você pode fazer.

Porém você precisa saber:

Além de causar envelhecimento precoce da pele, o cigarro é responsável também por deixá-la seca e desvitalizada. O cigarro confere à pele um tom pálido e acinzentado. A falta de oxigénio afeta também as camadas mais profundas da pele. A nicotina também estimula a agregação das plaquetas, parte do sangue responsável pela coagulação. Na prática, o sangue fica mais viscoso e com mais dificuldade de circular.
A pele do fumante quando micropigmentada, causa uma saturação exagerada de imediato, porém a duração e resultado podem ser prejudicada. No fumante o retoque anual passa a ter um período mais curto. A cliente fumante precisa tomar muita água, comer alimentos funcionais e manter a pele constantemente hidratada para ter um bom resultado. Certificar sua cliente disso é sinal de respeito.

A nicotina prejudica a circulação periférica da pele. Alguns cirurgiões plásticos não operam fumantes por causa do risco que apresentam de complicações com a circulação nos tecidos e, consequentemente, com a má cicatrização. É como se o vaso sanguíneo ficasse apertado, a chamada vasoconstrição. Um cigarro mantém um vaso contraído por 90 minutos. Com um menor aporte sanguíneo, a pele recebe menos oxigênio tendo uma cicatrização dificultada.

Mas todo cuidado com a cicatrização deve ser levada em consideração em qualquer aspecto ou situação de seu cliente e nesse momento entra a dedicação de cada profissional com seus clientes, por isso é indicado manter um contato com o mesmo, tirando suas dúvidas e acompanhando a cicatrização do procedimento.

 

Informações:  Livro Saúde da Pele e Aplicado em Micropigmentação.